GONORRÉIA/BLENORRAGIA/URETRITE GONOCÓCICA

DESCRIÇÃO
Doença infecciosa do trato genital, transmissível sexualmente
AGENTE
Neisseria gonorrhoeae, diplococo gram negativo
RESERVATÓRIO
A espécie humana
TRANSMISSÃO
Sexual – se não tratado pode haver transmissibilidade por meses ou anos
INCUBAÇÃO
2-5 dias
COMPLICAÇÕES
Homem – balanopostite, prostatite, estenose uretral, artrite, meningite, faringite, pielonefrite, miocardite, pericardite, septicemia
Mulher - doença inflamatória pélvica (por ascendência pelas trompas), salpingite, endometrite, peritonite, infertilidade por obstrução tubária
DIAGNÓSTICO Pela baciloscopia e cultura (em meio Thayer-Martin); na mulher é imprescindível o exame ginecológico especular
CLÍNICA Homem – ardor e prurido uretral, ardência miccional, uretrorréia mucoóide ou purulenta; nos casos mais graves pode ter febre
Mulher – geralmente assintomática; podendo ter cervicite e DIP (doença inflamatória pélvica) pela ascendência do agente causal. Quando cervicite purulenta pode haver corrimento vaginal, dispareunia (dor ao sexo), disúria
TRATAMENTO Ciprofloxacin 500mg via oral dose única, ofloxacina 400 mg via oral dose única, ceftriazona 250mg IM dose única.
O ministério da saúde sugere a associação: ciprofloxacin 500mg + azitromicina 1g em dose única, ou doxicilina 100mg 12/12h por 7 dias (para erradicar a concomitância usual de chlamydia)

 

 

 

Rua Três de Maio, nº 1040 - Pelotas/RS - Fone: (53)32253164