HANSENÍASE/LEPRA/MAL DE HANSEN

DESCRIÇÃO
Doença crônica granulomatosa causada por Mycobacterium leprae (bacilo álcool-ácido resistente, intracelular que infecta as céls. de Schwann dos nervos periféricos) – tem alta infectividade e baixa patogenicidade. O reservatório é o homem.
TRANSMISSÃO
De pessoa a pessoa, cuja entrada é a via aérea superior
INCUBAÇÃO
Em média de 2 a 7 anos; mas pode ser de 7 meses a 10 anos
EPIDEMIOLOGIA
Incide em qualquer idade, sexo, raça. A incidência no Brasil émaior no Norte, Centro-Oeste e Nordeste. Incide em 20, 53/100.000 habitantes (informação de 2008)
DIAGNÓSTICO É clínico e epidemiológico. LESÕES DE PELE COM ALTERAÇÕES DA SENSIBILIDADE + ESPESSAMENTO DE NERVO PERIFÉRICO + BACILOSCOPIA POSITIVA PARA O BACILO DE HANSEN. Pode haver só lesão nervosa, sem lesão cutânea (forma neural)
Pode ser: Paucibacilar (PB); casos com até 5 lesões cutâneas
Multibacilar (MB); casos com mais de 5 lesões cutâneas
LABORATÓRIO Baciloscopia da pele (esfregaço intradérmico). A baciloscopia positiva classifica o caso como MB. (Observação: baciloscopia negativa não exclui Hanseníase)
COMPLICAÇÕES Reações hansênicas: são alterações do sistema imunológico exteriorizadas por manifestações agudas e subagudas.
-Reação Tipo 1 (reação reversa – RR); surgimento de novas lesões dermatológicas (manchas, ou placas), infiltrações, alterações de cor e edema nas lesões antigas, com ou sem espessamento e dor nos nervos periféricos
-Reação Tipo 2 (eritema nodoso); surgimento de nódulos subcutâneos dolorosos, com ou sem febre, dores articulares e mau estar geral
TRATAMENTO Poliquimioterapia ambulatorial (aplicável na gestante e durante aleitamento)
a. Paucibacilar (PB) : - ADULTO : rifampicina (RFM) cáps.300mg (2)
dapsona (DDS): comprimidos de 200mg (28)
- CRIANÇA: rifampicina (RFM) caps de 150mg (1) e 300mg (1)
dapsona (DDS): comprimidos de 50mg (28)
b. Multibacilar (MB) : -ADULTOS:rifampicina (RFM) cáps 300mg (2)
dapsona (DDS) comprimidos de 100mg (28)
clofazimina (CFZ) cáps 100mg (3) e cáps 50mg (27)
- CRIANÇAS: rifampicina (RFM) cáps 15omg (1) cáps 300mg (1)
dapsona (DDS) comprimidos 50mg (28)
clofazimina (CFZ) cáps. 50mg (16)
NOTA: 1) Em adultos ou crianças com menos de 30kg ajustar doses:
DOSE MENSAL: RFM – 10 a 20mg/kg
DDS – 1, 5 mg/kg
CFZ – 5mg/kg
DOSE DIÁRIA: DDS – 1, 5 mg/kg
CFZ – 1 mg/kg
2) PB tratar 6 doses e MB tratar 12 doses; doses mensais
3) Efeitos colaterais das drogas;
* RFM – efeitos cutâneos, gastrointestinais, hepáticos, hematopoiéticos
* CFZ - ressecamento da pele, ictiose, prisão de ventre, dor abdominal
* DDS – efeitos cutâneos (Sindr.Stevens-Johnson) , eritrodermia, fígado...

RECOMENDAÇÃO

Nos contatos intra-domiciliares com portadores de Hanseníase, é recomendável a aplicação da vacina BCG (tanto na forma PB, como MB). Se existe passado de já ter recebido a vacina é indicado uma 2ª aplicação. Se já fez duas aplicações não há necessidade de nova aplicação. Em menores de 1 ano que já tenha sido vacinado, não há indicação de nova vacina. Aos maiores de 1 ano que já tenham sido vacinados, seguem as orientações anteriores.

FONTE – Guia de Bolso – “Doenças infecciosas e parasitárias” – Brasília/DF – Ministério da Saúde

 

 

 

Rua Três de Maio, nº 1040 - Pelotas/RS - Fone: (53)32253164