SHIGELOSE

DESCRIÇÃO
Infecção bacteriana que se manifesta nas formas assintomática, subclinica, ou forma grave tóxica. Quando GRAVE há DOR ABDOMINAL intensa, diarréia aquosa, calafrios, febre, anorexia, cefaléia, calafrios. Na evolução surge fezes mucosanguinolentas. Nas formas leves ou moderadas há apenas diarréia aquosa, não desintérica
AGENTE ETIOLÓGICO
Shigella dysenteriae, Shigella flexner, Shigella boydii, Shigella sonnei
RESERVATÓRIO
Tracto gastrointestinal humano – água e alimentos contaminados
TRANSMISSÃO
Pela ingestão de água e alimentos contaminados e contato direto
INCUBAÇÃO
12 – 48 horas
DIAGNÓSTICO
Clínico e laboratorial (coprocultura)
COMPLICAÇÕES Convulsão, meningismo, encefalopatia, cefaléia, confusão mental, sepse, peritonite secundária a perfuração intestinal, hemorragia digestiva, pneumonia, artrite séptica
TRATAMENTO - Reidratação oral
- Sonda nasogástrica (se houver distensão abdominal intensa)
- Rehidratação parenteral, se tiver muitos vômitos, ou íleo paralítico
- Nos casos graves: sulfametoxazol (50 mg/kg/dia) + trimetropin (10mg/kg/dia) de 12/12h por 5-7 dias ; em resistência bacteriana ou alergia a sulfa, usar quinolonas

 

 

 

Rua Três de Maio, nº 1040 - Pelotas/RS - Fone: (53)32253164